Uma das vantagens do WhatsApp é que ele funciona em quase todas as plataformas do mercado. Criado quando iOS e Android representavam pouquíssimo do mercado de smartphones, era natural que o aplicativo estivesse disponível no maior número de sistemas operacionais possíveis para atingir um grande público. No entanto, o mundo mudou: outras plataformas dominam o mercado e o aplicativo afirmou que vai retirar o suporte a celulares mais antigos.

whatsapp-logo-700x446

A medida afeta as plataformas BlackBerry (inclusive o BlackBerry 10, que é atual), Nokia S40, Symbian S60, Android 2.1 ou 2.2 e Windows Phone 7.1. A empresa recomenda que quem tiver um smartphone com algum desses sistemas operacionais troque seu dispositivo por um iPhone, Android ou Windows Phone até o final do ano.

No comunicado aos usuários, o WhatsApp se diz triste em ter tomado essa decisão porque essas plataformas fazem parte da trilha do sucesso do aplicativo, que já tem mais de um bilhão de usuários. Mas a mudança será importante para o WhatsApp: Android, iOS e Windows Phone somam, juntos, 99,5% de todos os smartphones no mundo. Não faz sentido manter suporte a sistemas operacionais que dividem apenas 0,5% de mercado.

O fim do suporte não necessariamente significa que ele vai deixar de funcionar, mas sim parar de receber novos recursos. No entanto, como é de praxe nas principais plataformas, quem possui versões mais velhas do aplicativo recebe uma mensagem pedindo para fazer a atualização para a última versão. Se você tem celular que vai ter o aplicativo descontinuado é bom correr atrás de um novo aparelho: o WhatsApp avisou isso com nove meses de antecedência para evitar problemas.

WhatsApp vai encerrar suporte para celulares antigos.

Recomendado: Dica para comprar seguidores brasileiros no Instagram



Tecnoblog